WORLD BUREAU INTELLIGENCE

O WORLD BUREAU INTELLIGENCE - WBI, é uma Instância Departamental  de SERVIÇO DE INTELIGÊNCIA OPERACIONAL DE APOIO INTER-NÃO-GOVERNAMENTAL ÀS FORÇAS OFICIAIS NACIONAIS E INTERNACIONAIS DE MANUTENÇÃO DA PAZ E DA SEGURANÇA COM ÊNFASE EM DIPLOMACIA DE CAUSAS HUMANITÁRIAS, DIREITOS HUMANOS, DIREITO HUMANITÁRIO INTERNACIONAL E MEDIAÇÃO INTERNACIONAL DE CONFLITOS, ATUANDO EM MISSÃO PERMANENTE COM FINS E MEIOS ESPECÍFICOS, a integral, irrestrita e stricta disposição do Corpo Diretivo Executivo do Parlamento Mundial de Segurança e Paz, que disponibiliza às Autoridades Nacionais e Internacionais Constitucional e Legalmente Constituídas dos Países Membros com os quais o Parlamento Mundial de Segurança e Paz mantém entre Boas Relações Diplomáticas e Humanitárias, na área da Ciência e Política, cuja função principal é em Tempo Real, Articular Burocrática e Diplomaticamente com fins Humanitários primando pelo Serviço de Inteligência, na qualidade de um Organismo de Caráter Consultivo sem Personalidade Jurídica, Jurisdicionado e Integralmente Subordinado às Leis Brasileiras, como uma ATIVIDADE AUXILIAR DA JUSTIÇA.

Pelos Seus Princípios de Alto Padrão em Inteligência, firmados entre as Nações Membras, fica terminantemente proibido todas e quaisquer praticas que possam ser, associadas, correlatas, tipificada ou afins com a prática de espionagem em quaisquer âmbitos, bem aqueles nos termos da Legislação vigente na República Federativa do Brasil, bem como em outras legislações, convenções, pactos, protocolos e tratados internacionais que prescrevem sobre o modus operandi de crime de espionagem e  contra espionagem, e das boas práticas dos Serviços Legalizados  e Lícitos de Inteligência e Contra Inteligência frisando com "Fé Pública" World Parlament  of Security And Peace, que atua exclusivamente em Missão Permanente de Diplomacia em Causas Humanitárias. Seus Membros são Peritos nas mais diversas áreas, criteriosamente selecionados em rigorosíssimo Processo de Sindicância e Análise de Proficiência e Nomeados através de Portaria, cuja comunicação por dever Ético e Moral do Código Tutorial e do Regimento Interno, celebrados na forma de Convênio com os Países Membros, passa a ser automaticamente de Comunicação Obrigatória a Todas as Autoridades que mantém Relações Diplomáticas Humanitárias conosco, trabalhando sob Confidencialidade e Sigilo Profissional.

WORLD BUREAU OF INTELLIGENCY

INDIGENISMO E POLÍTICA INDIGENISTA Roraima

E-mail Imprimir

RORAIMA

INDIGENISMO E POLÍTICA INDIGENISTA 
A continuação dos contenciosos envolvendo comunidades indígenas em vários estados indica que o aparato internacional que controla a agenda política indigenista não tem a menor intenção de reduzir a intensidade da sua guerra irregular contra o Brasil. E guerra não é uma descrição exagerada do risco de escalada da campanha indigenista, a julgar pelas declarações de algumas lideranças indígenas das áreas em que ocorrem os contenciosos, que ameaçam ir à guerra para expulsar os não índios de terras ocupadas há décadas e para impedir a construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu. Desafortunadamente, as instâncias superiores do Judiciário têm se deixado contagiar pelo vírus do indigenismo militante nos processos de demarcações de reservas indígenas, adotando um nominalismo legalista que coloca o “cumprimento da lei” acima de qualquer consideração pela paz social ou a integridade territorial do País e, principalmente, tem incentivado o prosseguimento das campanhas indigenistas.

Última atualização em Sáb, 28 de Junho de 2014 21:38

Bioterrorismo contra o Brasil?

E-mail Imprimir

BIOTERRORISMO

FRANCO DA ROCHA NEWS, 17 DE JUNHO DE 2014 - 10H53
COLUNA ACONTEE AGORA - www.francodarochannews.jex.com.br
Bioterrorismo contra o Brasil?
ALIMENTOS E FLORESTAS 
Ao mesmo tempo em que os brasileiros são surpreendidos com a extensão da rede de espionagem da Agência de Segurança Nacional (NSA) estadunidense, outra ameaça igualmente grave entra na pauta das preocupações do País: o bioterrorismo.

Última atualização em Ter, 17 de Junho de 2014 12:24

MILICIA PATAXÓ NA BAHIA

E-mail Imprimir

MILICIA PATAXO

Câmara cria frente parlamentar em favor de atingidos pelo ambientalismo-indigenismo
Awa desintrusaoEm uma oportuna iniciativa, um grupo de deputados federais criou uma nova frente parlamentar, com o objetivo de se oporem aos excessos cometidos nas intervenções do aparato ambientalista-indigenista no País.
Última atualização em Sáb, 28 de Junho de 2014 21:46

INDÍGENAS AWÁ GERA REVOLTA ENTRE MORADORES DA ÁREA

E-mail Imprimir

REVOLTA INDIGENA

FRANCO DA ROCHA NEWS, 17 DE MAIO DE 2014, 10H27
COLUNA ACONTECE AGORA - www.francodarochanews.jex.com.br
Câmara cria frente parlamentar em favor de atingidos pelo ambientalismo-indigenismo
Awa desintrusaoEm uma oportuna iniciativa, um grupo de deputados federais criou uma nova frente parlamentar, com o objetivo de se oporem aos excessos cometidos nas intervenções do aparato ambientalista-indigenista no País. 

Última atualização em Sáb, 28 de Junho de 2014 21:49

Para: Dilma Vana Rousseff, Presidente da República Federativa do Brasil Ministro Joaquim Barbosa, Presidente do Supremo Tribunal Federal

E-mail Imprimir

Para: 

Dilma Vana Rousseff, Presidente da República Federativa do Brasil 

Ministro Joaquim Barbosa, Presidente do Supremo Tribunal Federal 

Presidente Dilma Rousseff, 

Última atualização em Seg, 16 de Junho de 2014 00:55

LULA ENTREGOU O BRASIL PARA A OIT. VEJA O DECRETO 5051 NA INTEGRA. HÁ DEZ ANOS, LULA PREPAROU A ARMADILHA CASO DILMA PERDESSE A ELEIÇÃO. O TIRO SAIU PELA CULATRA

E-mail Imprimir

LULA

LULA ENTREGOU O BRASIL PARA A OIT. VEJA O DECRETO 5051 NA INTEGRA. HÁ DEZ ANOS, LULA PREPAROU A ARMADILHA CASO DILMA PERDESSE A ELEIÇÃO. O TIRO SAIU PELA CULATRA

Última atualização em Sáb, 28 de Junho de 2014 22:40

PARA NÃO SOFREREM INTERVENÇÃO DA ONU, DEMAIS PAISES DA AMÉRICA DO SUL, CARIBE E MÉXICO TOMARAM PROVIDENCIAS. SOMENTE O BRASIL NÃO FEZ NADA. A IMPRENSA CHAMADA GRANDE OMITIU INFORMAÇÃO

E-mail Imprimir

PARA NÃO SOFREREM INTERVENÇÃO DA ONU, DEMAIS PAISES DA AMÉRICA DO SUL, CARIBE E MÉXICO TOMARAM PROVIDENCIAS. SOMENTE O BRASIL NÃO FEZ NADA. A IMPRENSA CHAMADA GRANDE OMITIU INFORMAÇÃO, AGORA PUBLICAM O QUE ESTAMOS POSTANDO E NÃO DÃO O DEVIDO CRÉDITO.Este trabalho apresenta alguns casos emblemáticos de aplicação da Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho sobre Povos Indígenas e Tribais em Países Independentes por tribunais da América Latina1. Escolhi um número reduzido de casos que cobrem temas diversos e representam distintos países da região; bem como o tribunal regional de direitos humanos " a Corte Interamericana de Direitos Humanos 

Última atualização em Sáb, 28 de Junho de 2014 21:50

Página 8 de 9

Você esta em: WORLD BUREAU INTELLIGENCE