MERITÍSSIMO MINISTRO PRESIDENTE DO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL DO BRASIL: NÃO DIPLOME DILMA ROUSSEFF, ELA NÃO É FICHA LIMPA.

Sex, 14 de Novembro de 2014 03:25 Acessos: 5120
Imprimir

CNN

O BRASIL ESTA NAS MÃOS DO MIMISTRO PRESIDENTE DO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL: SE PERMITIR  A DIPLOMAÇÃO DE DILMA ROUSSEFF, SABADO PRÓXIMO PARA MAIS UM MANDATO COMO PRESIDENTE DO BRASIL, PERMITIRÁ, QUE A NAÇÃO BRASILEIRA, TORNE-SE, UMA REPUBLICA REVOLUCIONARIA BOLIVARIANA, E QUE DILMA,  VAI COMANDAR, UM MORTICINIO SEM PRECEDENTES NA AMÉRICA DO SUL, CARIBE E MÉXICO, COM A REVOLUÇÃO BOLIVARIANA, COADJUVADA, POR FIDEL CASTROE NICOLAU MADURO. (BY JC PEREIRA, FRANCO DA ROCHA, 13/11/2004).

 A população brasileira, os movimentos que a cada dia nascem, protestam pelas redes sociais, contra a reeleição de Dilma Rousseff, é a maioria que falhou, não votando com propriedade, jogando no”lixo”, mais de 83 milhões de votos, somados, os votos de Aécio neves, Abstenções, Votos Brancos e Nulos, perderam a oportunidade de salvar o Brasil,de uma sangrenta guerra civil, que sem sombras a dúvidas, se transformara numa guerra Continel, e que envolverá, os Estados da América do Norte e o Canadá.

A Imprensa Internacional, baseando-se nas Agências de Noticias Brasileiras,e a chamada grande imprensa,que estão atreladas ao governo, presa por interesses financeiros, haja vista, as grandes redes de Televisão e Rádio, a maioria dos Jornais e Revista, sobrevivem, hoje, das Verbas de Publicidade, distribuídas a rodo pelo Governo Federal.

Em contrapartida, o Congresso Nacional , o Senado e a Câmara Federal, não representam o povo brasileiro, apesar de haverem sido eleitos para este fim, são poucos os que se salvam de não serem corruptos, e agora, com a delação premiada de um doleiro, coloca em xeque as duas casas, pois são muitos os Senadores envolvidos com ele, e que receberam milhões de dólares, numa teia de corrupção, que no fim, vai envolvera própria Presidente Dilma Rousseff, seu antecessor, Luís Inácio Lula da Silva, e muitos políticos, em tese, considerados importantes, herdeiros, das oligarquias políticas de antigamente.

A política no Brasil está podre,  e as acusações de fraude nas eleições, não foram as Urnas Eletrônicas a fonte das mesmas, mas sim, a ilegitimidade da reeleição de Dilma Rousseff, que a bem da verdade, teve mais de 83 milhões de votos contra ela, um percentual de votos contrários, que retrata, a rejeição da Nação brasileira à sua gestão, revanchista ao extremo, em todos os sentidos, tentando vingar,o que sofreu de tortura no Regime Militar da Revolução de 1964 onde confessa de público que de fato foi guerrilheira, e não se sabe, quantos matou em defesa de suas teses, como fundadora de grupos revolucionários, que barbarizaram, muito mais que os militares no poder.

Foi instituída, uma tal de “Comissão da Verdade”, formada por ex conhecidos terroristas,pois assim foram considerados na época da revolução, este, sem apoio da população brasileira, que não se envolveu, vivia em paz,  ganhando salário mínimo, tinham vidas dignas,não havia movimentos paredistas,que voltaram com a saída dos militares,movimentos estes, que sempre buscavam benefícios, paras os membros dos sindicatos e das Centrais Sindicais que foram surgindo, e que surrupiam, um dia de salário de todos os trabalhadores do Brasil, alem de mensalmente, com adendo do Ministério do Trabalho, de uma tal de Contribuição Sindical, de cada trabalhador brasileiro, que nada obtém de positivo, destes valores surrupiados de seu salário

Dilma Rousseff, é um perigo eminente para a paz no Brasil e na América do Sul, Caribe e México, pois num vídeo assombroso, onde diz que, o povo brasileiro a apoiou para ser, a nova líder da Revolução Bolivariana da América do Sul, Caribe e México (https://www.youtube.com/watch?v=OYSWa1uPPkg) onde, pasmem, a nomeia como tal, frisando, para o ataque contra o colonialismo Norte Americano.

O mais interessante, e não menos perigoso, é que até agora, não houve um pronunciamento, de contestação ao discurso de  Nicolau Maduro, com que dizendo com seu silêncio “está feito, agora sou líder da Revolução Bolivariana”.

O pior, na reunião, todos os adidos militares na Venezuela, representando os tiranetes das republiquetas da América do Sul e Caribe, que sobrevivem do tráfico de drogas e contrabando, além de receberem financiamentos escusos, desde há doze anos, quando o Lulismo tomou conta do Poder, e agora, o Dilmismo o completa.O maior perigo. Um cidadão fardado com farda do Exército Brasileiro, com a patente de Coronel, aplaudia com gosto o discurso de Nicolau Maduro.

Quem é este Coronel? O Comando Maior do Exército Brasileiro, autorizou e ou, designou para que comparecesse a esta reunião? O Comando maior das Forças Armadas do Brasil, foi informado que este Militar, estaria lá? Quem determinou que ele para lá fosse? O Ministério das Relações Exteriores, e, o Ministro da Defesa, Celso Amorim.

ALERTA GERAL: COMO PARTE DO COMPLÔ, MINISTROS, A QUASE MAIORIA, COLOCAM O CARGO A DISPOSÇÃO DE DILMA ROUSSEFF.

A imprensa brasileira, os analisas políticos de plantão, que ganham das redes de  Televisão, para opinar sobre fatos políticos, a alto custo, que, para enrolar, dizem  nada com coisa nenhuma, não conseguiram captar, apesar de serem chamados de cientistas políticos, que esta disponibilidade de cargos, para Presidente, é o que ela sempre desejou, e vai eliminar os Ministérios, como foi feito em Cuba no ano de 2011, quando Raul Castro, eliminou Ministérios importantes, para que tivesse mais poder nas mãos, e no aparelhamento do Estado, ele conseguisse controlar por si mesmo, todos os setores da economia do Estado Cubano.

Em 30 de Setembro de 2011, o Governo Cubano anuncia que, iria promover uma reforma de gestão política, visando,segundo declarações divulgadas nas Agencias de Noticias Internacionais. Ora o que queria Raul Castro com isto, segundo suas própria declarações. Ia promover a reforma de gestão política, visando a promoção de uma maior eficiência de gestão administrativa para colher, capitalizar, a eficiência e o lucro maior do Estado Cubano.

A tal reforma, teria inicio, com a redução de intervenção do governo de Raul Castro, nas Uniões de Companhias, que são a bem da verdade, Empresas Estatais, como no Brasil, a Petrobras, a Vale do Rio Doce, de pretenso capital aberto, pois o Estado brasileiro mantém o controle acionário de 51% das ações.

Na época, Raul Castro, anunciando a sua reforma, iria extinguir ministérios, promover a criação de outros para que, fosse “modernizada” a economia da Ilhota no Caribe,tudo dentro, de um planejamento no padrão, sócio – comunista.

Seria eliminado o Ministério da Indústria Básica; possivelmente o de Energia e Mineração; o do Aço e d Metalurgia;  que seriam transformados em Empresa Estatais, e os que, no âmbito das reformas proposta,ficassem inócuos, seriam fechados, ou seja, o caminho que Dilma Rousseff está seguindo. Como Líder da revolução Bolivariana, nomeada que foi por Nicolau maduro, e se houvesse tentativa de impedimentos, por quem quer seja, ela teria a ajuda das Tropas de todas as Tropas dos Países que já se declararam como República Bolivariana.

Na época,, o regime Castrista, usava o expediente de nomear os Ministros – de fachada – como Presidentes das Estatais Cubanas. A intenção de Raul Castro, foi a de mandar, os Ministros catar “abobrinhas”, as estatais, continuariam como tais, mas com a fachada de que eram empresas independentes, não tinham mais ligação com qualquer Ministério,ou seja, ficariam sob o controle total do Partido Comunista Cubano e que, desta forma, ficariam, em tese, com maior autonomia para a gestão, mesmo que estivesse sob as ordens do Partido Comunista, ou seja, de Raul e Fidel Castro.

A real intenção de Raul Castro, era fazer um remanejamento, de mais de 20% dos então, cinco milhões de funcionários públicos, para estas empresas pseudamente estatais, para o setor que o Partido Comunista chama de não Estatal, ou seja,os voltados, principalmente, para  a agriculta – para uma referencia, o MST e suas congêneres no Brasil – visando uma descentralização do sistema de Tributação, eliminando totalmente os subsídios.

Esta reforma de Raul Castro, e do Partido Comunista Cubano, foi planejada para ter a sua conclusão, no ano de 2016, e uma data emblemática, pois o Brasil realiza as Olimpíadas, na metade do segundo governo de Dilma.É preciso atenção, que na atual geopolítica Sul Americana e do Caribe, tudo o que é feito em Cuba, é para ser implantado sem variação na forma, nos Países aliados da revolução Bolivariana.

É preciso muita atenção num ponto estratégico destas medidas de Raul Castro. Nela esta embutida, a intenção de Cuba estar muito perto dos Estados Unidos da América, montando plataformas para alta exploração de petróleo no Golfo do México, e tinha a previsão de isto acontecer, ainda no ano de 2011.

VLADIMIR PUTIN ESTÁ POR TRAS DE TUDO E SERÁ O FORNECEDOR DAS ARMAS PARA A REVOLUÇÃO BOLIVARIANA, EM SUA FASE FINAL, E SEGUNDO MADURO VIDE O VIDEO ACIMA – VAI SER COMANDADA POR DILMA ROUSSEFF, A PARTIR DO BRASIL.

O PERIGO MAIOR, É QUE O GALANTEADOR PRESIDENTE DA Rússia,que ousou colocar um agasalho nos ombros da esposa do Presidente da China,que por pouco não dá um rebu maior, antes de ontem, planejou, e em concluo com Chaves e Fidel, virear o mapa do continente americano de cabeça para baixo. Não foi dada muita atenção, quando Luiz Inácio da Silva e Fidel Castro fundaram o Foro São Paulo, uma base dentro do Brasil, para a criação da Republica Comunista Socialista Revolucionária Bolivariana.

O alvo de Putin, é levantar um novo muro da vergonha, na divisa de México com Estados Unidos. Hoje na reunião dos Bric’s, onde Dilma Rousseff preside, lá estar Putin, ao lado dela, como um dos mais importantes membros do Grupo.

Impedimento de Dilma, de nada adiantará, o Congresso Nacional nunca vai deixar passar uma medida como esta. De uma ou de outra forma, o Exército Brasileiro vai ter que agir, para a manutenção do vigir da Constituição da República Federativa do Brasil. Agora não é a UDN de Carlos Lacerda, ou o discurso do marinheiro Cabo Anselmo. Esta intentona Comunista no Brasil, está perto de sua vitória, vai gerar violência, guerra civil, fora a guerra da Secessão nos EEUU, jamais vista, no Continente Americano.

Obama está dormindo, isto vai ter reflexo nos próprios EEUU, e o retorno para a paz, vai ser muito mais difícil que o fim da Segunda Guerra, com o lançamento de duas bombas atômicas no Japão. A Rosa Bolivariana, será de muito maior proporção, e o Enola Gay do século XXI, poderá lançar suas ogivas, sobre a Brasília, a Capital Brasileira.

Senhor Ministro Presidente do tribunal Superior Eleitoral, esta muito clara a sua posição. Diplomando ou não Dilma Rousseff, no próximo sábado, convenientemente ela ESTA fora do Brasil, pois teme as manifestações que vão acontecer em todo o Brasil,isto é inoserável, são mais de 83 milhões de eleitores que estão contra a sua reeleição, uma margem considerável que não pode ser deixada de lado, vai haver problemas.

Estamos à um passo da desobediência civil, e isto não é muito bom para a República federativa do Brasil, uma mentirosa 8ª Economia do Mundo, pois esta imersa, principalmente nas perifeiras, em fome, miséria, analfabetismo, violência generalizada em todos os sentidos com organizações criminosas, fortemente armadas, xenofobia, intolerância correlata, trafico de drogas, uso indevido de substancias psicoativas.

O Brasil precisa agora, neste exato momento, de um home de valor, corajoso, estadista, para salvar a Democracia. Este homem é, o Meritíssimo Ministro presidente do Tribunal Superior Eleitoral. Diplomando ou não, Dilma Rousseff.A única garantia que temos para a paz, é a Proteção da Constituição, que lhe será dada pelo Exército Brasileiro, que lhe dará, todo apoio.

Não há como hoje, um Mourão Filho, colocar as Tropas nas ruas. Mas se, a maior corte de Justiça Eleitoral do Brasil, tomar a decisão, ai sim, eles terão mais um motivo claro, de ir para as ruas, para defender a Democracia Brasileira. Não é um Herói que o povo Brasileiro pede. Joaquim Barbosa fez a sua parte, Com as instituições da Sociedade Civil, completamente falidas, precisamos de um novo Dom Pedro I, de um novo Marechal Deodoro da Fonseca, com todo o respeito e pelo amor que tenho pelo Brasil, Vossa Excelência, sim, Vossa Excelência o Ministro do Tribunal Superior Eleitoral

Não houve fraude nas Urnas Eletrônicas. O resultado foi muito claro, 83 milhões de brasileiros, votaram contra Dilma Rousseff, esta é a verdade, o que a torna inelegível, ao somente por isso, mas pelas investigações que ora correm sobre a corrupção, que fatalmente levara à ela. Mesmo estando Dilma Rousseff sub judice, ela já era inelegível, se aplicada de fato a Lei da ficha Limpa. Que Deus, amado Meritíssimo Senhor Ministro do Tribunal Superior Tribunal Eleitora, continue abençoando a sua vida e de toda a sua família, que continue a o inspirar em todas as decisões a serem tomadas, que continue a manter a sua sabedoria e serenidade, pense no Brasil, e Deus, nosso Pai, lhe dará o caminho a seguir, para o bem da nação brasileira.

Jornalista José Carlos pereira

I Repórter da CNN Internacional

Titular da Cadeira 9

Academia Brasileira de Ciência Política.

Seu admirador.

Apenas mais um brasileiro,  que sonha, com a plena liberdade no BRASIL, da periferia deste gigante, Chamado Brasil.

 

SALVE O BRASIL MINISTRO. PELO AMOR A DEUS, SALVE O BRASIL. NÃO DIPLOME, PELO AMOR DE DEUS, DILMA ROUSSEFF PARA MAIS UM MANDATO, SRÁ O FIM, UMA PÁ DE CAL, NO ESTADO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO.

Última atualização em Sex, 14 de Novembro de 2014 04:24