Bilderberg: líderes da Europa e EUA, em reunião secreta, preveem conflito armado

Dom, 06 de Julho de 2014 21:26 Acessos: 1341
Imprimir

10303790 673746906052792 6504449515732190493 n

Bilderberg: líderes da Europa e EUA, em reunião secreta, preveem conflito armado
A francesa Christine Lagarde, secretária do FMI, conversa com Osborne (de costas) e Kerr,

 

FRANCO DA ROCHA NEWS, 06 DE JULHO DE L2014 - 19H32
COLUNA ACONTECE AGORA -http://www.francodarochanews.jex.com.br/acontece+agora
Bilderberg: líderes da Europa e EUA, em reunião secreta, preveem conflito armado
A francesa Christine Lagarde, secretária do FMI, conversa com Osborne (de costas) e Kerr, 
A reunião do Clube Bilderberg, organização que reúne as mais importantes autoridades da Europa e dos EUA nos campos político, econômico e militar, foi encerrada no último domingo, na Dinarmarca, sem qualquer declaração pública. A jornalista Cristina Martín Jiménez, que investiga há uma década esta organização para o diário espanhol El Confidencial, apontou ao Correio do Brasil com exclusividade, a existência de forte indícios de que, antes de abdicar, o rei Juan Carlos de Espanha discutiu o assunto com os integrantes da organização secreta. Entre outros temas em pauta, no encontro anual cercado de mistério e segredos, está a previsão de que a Europa tende a mergulhar, no prazo máximo de um ano, em um grande conflito armado.

Segundo Jiménez, o Bilderberg reuniu figuras militares influentes como o secretário-geral da Organização do Tratado Atlântico Norte (Otan), Anders Rasmussen e o ex-diretor da Agência Central de Inteligência (CIA, na sigla em inglês) David Petraeus; o ministro da Fazenda e secretário do Tesouro Britânico, George Osborne, aliado ao Partido Conservador, e John Olav Kerr, o barão Kerr of Kinlochard, membro da Casa dos Lordes no Parlamento britânico, diretamente ligado às esferas de poder na Escócia e integrante do círculo mais fechado do Clube. Outras presenças ilustres no encontro foram a secretária do Fundo Monetário Internacional (FMI), a francesa Christine Lagarde, e a ministra sueca dos Negócios Estrangeiros, Jessica Olausson, que sequer teve o nome revelado na lista dos participantes.

“Trata-se de um clube de poderosos que tem a pretensão de controlar e dirigir o mundo. Entre outras catástrofes que causaram, são os responsáveis por submergir a Europa na pior crise desde a II Guerra Mundial. O efeito mais imediato da reunião do clube, que acabamos de conhecer, foi a abdicação do rei espanhol. Não resta mais a menor dúvida de que a renúncia de Juan Carlos foi uma decisão consensual de Bilderber”, escreveu Cristina Jiménez.
COM CONTEUDO BRASILACIMA DE TUDO
http://www.brasilacimadetudo.com/category/governo-mundial/
DA REDAÇÃO DO FRANCO DA ROCHA NEWS
EDIÇÃO: JORNALISTA DR. JOSÉ CARLOS PEREIRA
CIENTISTA POLITICO
ACADEMIA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS POLITICAS – 
CADEIRA IMORTAL Nº. 9
ALTO COMISSARIO DIREITOS HUMANOS
WORLD PARLAMENT OF SECURITY AND PEACE